Namastê Irmãos e Irmãs de Luz!

O QUE É REIKI RECEBA REIKI À DISTÂNCIA titulo titulo
1 2 3 4

Curso de Reiki - Reiki Master Ana Paula Granjeiro.

CURSO DE REIKI 

Reiki Máster Ana Paula Granjeiro

 Torne-se um canal de transmissão da energia universal - Reiki.
         O curso é ministrado de maneira participativa, ou seja, estudaremos a apostila JUNTOS, esgotando o máximo possível cada tema, esclarecendo dúvidas e auxiliando num melhor entendimento.Obs.: Caso o aluno queira fazer só presencial também é possível. Veja investimentos abaixo.

                  Teremos a iniciação PRESENCIAL, e a parte prática, onde o aluno(a) terá a possibilidade de aplicar e receber o REIKI. Avaliaremos todo processo de sintonização e canalização do REIKI, seus efeitos físicos, psíquicos e emocionais.

Material:Apostila com repleto conteúdo didático ilustrativo e Certificado.

Pós Curso:Estarei sempre a disposição do aluno(a) para responder quaisquer questionamento sobre o REIKI, dando-lhe suporte em dúvidas e questionamentos futuros que possam surgir. Consciente que sou uma ETERNA aprendiz, a dúvida que eu não souber de imediato, consultarei meus mestres e estudarei a respeito para lhe sanar de maneira mais coerente possível.

Investimento:

Nível I – R$ 170,00 - Teoria e Iniciação Presencial

SHODEN - O Despertar - Poderá canalizar a energia primordial cósmica (REIKI) por meio da imposição de suas mãos sobre si mesmo, sobre seus familiares, animais e plantas. É também chamado de nível físico, é quando o Reikiano aprende a utilizar as suas mãos para transmitir a energia para o receptor.

Nível II – R$ 206,00 - Teoria e Iniciação Presencial
OKUDENA Transformação: Também conhecido como nível mental, trabalha os problemas mentais e sentimentais. A partir deste nível, a Energia REIKI pode atuar em outra dimensão, onde não existe barreira de tempo e espaço, a iniciação é feita com 02 símbolos sagrados, que podem ser usados pelo Reikiano para enviar a energia REIKI ao Passado, ao Futuro e a Distância para pessoas em qualquer lugar do mundo.

Nível III – R$ 260,00 - Teoria e Iniciação Presencial

SHINPINDEN A Realização: É conhecido como o grau MESTRE DE SI, nele o aluno aprende o símbolo do mestrado, serve para amplificar e intensificar os demais símbolos recebidos nos níveis anteriores, tornando o aluno capaz de harmonizar e tratar um grande numero de pessoas ao mesmo tempo. Permitindo o envio do REIKI para grandes grupos de pessoas, hospitais, orfanatos, enfim para qualquer lugar e país do mundo.

Inscrições e Informações:

Tel. (11) 97409-1703

www.reikiterapiacomplementar.blogspot.com

Ler Mais

3º ENCONTRO DE PARTILHA E DIFUSÃO DO REIKI.



Ler Mais

2º Encontro de Partilha e Difusão do Reiki - Pq. Villa Lobos / SP.



Uploaded with ImageShack.us
Ler Mais

Reiki a Distância com Relaxamento via SKYPE.

Por: Gilberto Silva

Experimente uma sessão de Reiki a Distância com Relaxamento via SKYPE, é uma experiência inovadora oferecida aos nossos leitores, pela nossa colaboradora e moderadora Ana Paula Granjeiro.

Para quem não conhece o SKYPE, ele é um software gratuito semelhante ao MSN, com melhor qualidade na transmissão de áudio e vídeo.

Clique aqui para baixar o SKYPE, é GRATUITO.


Faça seu cadastro AGORA e seja contemplado (a) com duas sessões grátis de Reiki à Distância com Relaxamento via SKYPE:



Somos Todos Luz em Ação.

Facilitadora e Colaboradora:


Ana Paula Granjeiro
Terapeuta Holistica Reikiana
REIKI MASTER
anapaulagranjeiro@hotmail.com
http://www.mirantedaluz.blogspot.com/
Ler Mais

Reiki agora têm explicação científica.

Pesquisadores avaliam efeitos e mecanismo de terapias alternativas em animais de laboratório

por Bruna Bernacchio
Ricardo Monezi testou o Reiki em ratos com câncer (Ilustração: Matheus Lopes)
Pesquisas recentes comprovam efeitos benéficos e até encontram explicações científicas para acupuntura e reiki. Estudos sobre o assunto, antes restritos às universidades orientais, ganharam espaço entre pesquisadores americanos, europeus e até brasileiros. Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou uma denominação especial para esses métodos: são as terapias integrativas.
Um artigo exmecanismo da acupuntura contra a dor foi publicado por pesquisadores da Universidade de Rochester na revista Nature Neuroscience em 30 de maio. Criada há quatro mil anos, a prática consiste na aplicação de agulhas em pontos do corpo. Pela explicação tradicional, ela ativa determinadas correntes energéticas para equilibrar a energia do organismo.

Reiki

Seus praticantes acreditam nos efeitos benéficos da energia das mãos do terapeuta colocadas sobre o corpo do paciente contra doenças. Para entender as alterações biológicas do reiki, o psicobiólogo Ricardo Monezi testou o tratamento em camundongos com câncer. “O animal não tem elaboração psicológica, fé, crenças e a empatia pelo tratador. A partir da experimentação com eles, procuramos isolar o efeito placebo”, diz. Para a sua pesquisa na USP, Monezi escolheu o reiki entre todas as práticas de imposição de mãos por tratar-se da única sem conotação religiosa.
No experimento, a equipe de pesquisadores dividiu 60 camundongos com tumores em três grupos. O grupo controle não recebeu nenhum tipo de tratamento; o grupo “controle-luva” recebeu imposição com um par de luvas preso a cabos de madeira; e o grupo “impostação” teve o tratamento tradicional sempre pelas mãos da mesma pessoa.


Imposição de mãos nos grupos "Controle-Luva" e "Impostação", respectivamente (imagens retiradas do mestrado de Monezi)
Depois de sacrificados, os animais foram avaliados quanto a sua resposta imunológica, ou seja, a capacidade do organismo de destruir tumores. Os resultados mostraram que, nos animais do grupo “impostação”, os glóbulos brancos e células imunológicas tinham dobrado sua capacidade de reconhecer e destruir as células cancerígenas.
“Não sabemos ainda distinguir se a energia que o reiki trabalha é magnética, elétrica ou eletromagnética. Os artigos descrevem- na como ‘energia sutil’, de natureza não esclarecida pela física atual”, diz Monezi. Segundo ele, essa energia produz ondas físicas, que liberam alguns hormônios capazes de ativar as células de defesa do corpo. A conclusão do estudo foi que, como não houveram diferenças significativas nos os grupos que não receberam o reiki, as alterações fisiológicas do grupo que passou pelo tratamento não são decorrentes de efeito placebo.

A equipe de Monezi começou agora a analisar os efeitos do reiki em seres humanos. O estudo ainda não está completo, mas o psicobiólogo adianta que o primeiro grupo de 16 pessoas, apresenta resultados positivos. “Os resultados sugerem uma melhoria, por exemplo, na qualidade de vida e diminuição de sintomas de ansiedade e depressão”. O trabalho faz parte de sua tese de doutorado pela Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp).

E esses não são os únicos trabalhos desenvolvidos com as terapias complementares no Brasil. A psicobióloga Elisa Harumi, avalia o efeito do reiki em pacientes que passaram por quimioterapia; a doutora em acupuntura Flávia Freire constatou melhora de até 60% em pacientes com apnéia do sono tratados com as agulhas, ambas pela Unifesp. A quantidade pesquisas recentes sobre o assunto mostra que a ciência está cada vez mais interessada no mecanismo e efeitos das terapias alternativas.

Colaboração: Claudia Secassi
Ler Mais

Campanha: Reiki Com Amor e Por Amor ao Próximo.

Ler Mais

Tramita no Congresso Nacional Projeto que regulamenta as Terapias...

Por: Gilberto Silva



SENADO FEDERAL




PROJETO DE LEI DO SENADO




Nº 64, DE 2009




Dispõe sobre a regulamentação do exercício das atividades de
terapias, a criação do Conselho Federal de Terapeutas e dos
Conselhos Regionais de Terapeutas, suas atribuições e
responsabilidades, e dá outras providências.
O CONGRESSO NACIONAL decreta:



Art. 1° Ficam instituídos o Conselho Federal de Terapeutas e os Conselhos Regionais de Terapeutas, que normatizarão e regularão o exercício dessas atividades profissionais.

Art. 2° A atividade de Terapeuta será exercida por profissionais devidamente qualificados por meio de cursos reconhecidos por órgãos competentes e inscritos nos respectivos órgãos de classe municipal, estadual ou federal.

§ 1º A qualificação de que trata o art. 2° deverá ser comprovada mediante certificação de cumprimento de, no mínimo, cento e oitenta horas de curso, acrescido de estágio, reconhecido pelo órgão competente e pelos sindicatos, ou realizado em escolas reconhecidas pela Federação Nacional dos Terapeutas - FENATE, que assegurará uma qualificação mínima para o exercício profissional.

§ 2º O Terapeuta somente poderá exercer as atividades de terapias quando devidamente inscrito no sindicato, com atuação no local de sua atividade.

Art. 3° As empresas de prestação de serviços de terapia, as cooperativas e os serviços didáticos na área das terapias só poderão exercer legalmente suas atividades após prévia inscrição no sindicato da categoria, com atuação na área em que serão prestados os serviços.

2
Parágrafo único. Os cursos deverão passar por uma avaliação técnico-pedagógica, feita por equipe escolhida pela Federação Nacional dos Terapeutas – FENATE.

Art. 4° Quando o estabelecimento prestador de serviços de terapia não oferecer condições adequadas ao exercício da profissão, o sindicato deverá suspender temporariamente sua inscrição e interditar, cautelarmente, as atividades, até o saneamento dos problemas ocorridos.
Parágrafo único. Configuradas as condições inadequadas, haverá comunicação à Vigilância Sanitária, Ministério Público e outros órgãos competentes.

Art. 5° Fica criado o Programa de Serviços de Terapia nas unidades de saúde e nos hospitais mantidos pelo Poder Público ou a ele conveniados, após concurso público para contratação desses profissionais ou celebração de contrato para preenchimento do quadro nos Postos de Saúde, Hospitais e similares.

Art. 6º Consideram-se terapias as que foram implementadas nos programas oficiais em 1976 e ratificadas, em 1983, pela Organização Mundial de Saúde - OMS e pela Comissão Nacional de Classificação do Ministério do Trabalho – CONCLA, bem como as especialidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde ou pela Federação Nacional dos Terapeutas – FENATE, tais como: Acupuntura (sistêmica, estética facial e corporal), Alexander, Auriculoterapia, Antroposofia, Ayurvédica (Terapia Ayurvédica), Apiteria, Aromaterapia, Bioenergética, Cinesoterapeuta, Crânio-sacral, Cromoterapia, Chi Kun , Do-in, Fitoterapia, Fitoterapia chinesa, Eutonista, Estética (Estética facial e corporal), Florais (Terapia Floral), Geoterapia, Hemoterapia, Hidroterapia, Homeopatia, Hipnose (Terapia Através da Hipnose), Iridologia, Indiana (Terapia Indiana), Magnetoterapia, Massoterapia (manual), Medicina Chinesa (Terapia Oriental), Meditação (Terapias Através da Meditação), Mio-facial, Moxabustão, Musicoterapia, Naturalismo (Terapia Natural), Neuropatia, Ortomolecular (Terapia Ortomolecular), Osteopatia, Psicanálise, Psicoterapia, Psicossomática (Terapias Psicossomática), Podologia, Quântica (Terapia Quântica), Qi Gong, Quiropatia, Radiestesia e Radiônioca, Regressão, Reflexologia (Reflexoterapia), Respiração (Terapia da Respiração), Reichiana (Terapia Reichiana), Rolfista, Rpgista, Rolfing, Shiatsuterapia, Tai-Chi-Chuan, Terapia do Toque (Reiki), Terapia Transpessoal, Termais, Tuina, Shiatsu, Yogaterapia.

§ 1º O reconhecimento de novas modalidades de terapia, além das citadas, deverá passar por avaliação e aprovação da Federação Nacional dos Terapeutas.

Art. 7º Fica criado o Curso de Capacitação Profissional Técnica de Nível Médio em Terapias, com supervisão e Matriz Curricular aprovada pela Federação Nacional dos Terapeutas - FENATE, para oferecer a formação adequada ao exercício da profissão, até que se oficialize a Faculdade de Terapias Profissionais, com essa ou outra denominação, a ser reconhecida pelo Ministério da Educação.

Art. 8º É concedido poder de fiscalização ao sindicato representativo na área de atuação da categoria, para exercer a função de fiscalizar, conduzir, policiar, normatizar as empresas e escolas em tudo que se refere às terapias, nos Estados onde há sindicatos filiados à FENATE, até que se tenha regulamentada a profissão pelo Poder Executivo, função que será transferida ao Conselho Federal de Terapeutas e aos Conselhos Regionais de Terapeutas.

Art. 9º O Poder Legislativo regulamentará esta Lei, estabelecendo as normas básicas imprescindíveis a seu cumprimento.
Art. 10. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

3

JUSTIFICAÇÃO

A Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) registra mais de trinta mil profissões, entre as quais aproximadamente dezessete possuem lei para regulamentar seus órgãos de fiscalização, cabendo ao mercado a seleção dos trabalhadores. Logo, a ausência de regulamentação torna livre o exercício profissional, funcionando apenas a legislação penal, caso ocorram lesões ou delitos, a exemplo de exercício ilegal da profissão, invasão de uma atividade já regulamentada, etc.

No caso das terapias, a corrida desenfreada por esse mercado, bastante atraente e vulnerável à entrada de aproveitadores, coloca, muitas vezes, em risco a saúde e até a vida do usuário, sendo necessária a criação de instrumentos para impedir que pessoas despreparadas nele atuem. Outras áreas, como a medicina, têm conselhos para investigar os erros. No entanto, os erros e arbitrariedades que vêm ocorrendo na área das terapias não estão submetidos a nenhum órgão fiscalizador. É lamentável que cursos de final de semana permitam que pretensos terapeutas montem um consultório depois de apenas poucas horas de estudo (dezesseis ou trinta, normalmente).

O crescimento desordenado atrai leigos e aventureiros que, sem treinamento técnico adequado, sem prudência, sem ética, se lançam no exercício profissional. Acreditando-se sábios o suficiente para interferir perigosamente na vida do cliente, põem em risco a saúde do usuário. Sabem um pouco de tudo, criam coquetéis terapêuticos, inventam novas terapias para acelerar a cura e para se firmarem no mercado de trabalho.

É necessário separar os bons profissionais dos oportunistas, função que tem sido exercida pela Federação Nacional dos Terapeutas, órgão criado em junho de 2004 para congregar e conduzir a categoria em todo o Brasil. Ela tem desenvolvido um censo para constituir um Cadastro Nacional de Terapeutas, localizando e identificando os profissionais da área. Também vem colhendo assinaturas para um abaixo-assinado a ser encaminhado ao Presidente da República, solicitando
urgentemente a regulamentação dessa profissão.

A Organização Mundial de Saúde criou o Programa Internacional de Atendimento Primário em Saúde, incorporando as terapias, visando a otimizar o atendimento indispensável à saúde de mais da metade da humanidade, que não tinha condições de ser atendida. Em 1976, foram implementadas nos programas oficiais – havendo sido ratificadas em 1983 – as seguintes terapias: Acupuntura, Moxabustão, Shiatsuterapias, Auriculoterapia, Terapia Ortomolecular, Terapia Antroposófica, Neuropatia, Yogaterapia, Quiropatia, Osteopatia, Terapia Quântica, Cromoterapia, Terapia Ayurvédica, Terapia Floral, Aromaterapia, Terapia do Toque (Reiki), Magnetoterapia, Reflexologia, Psicoterapia e Terapias Psicossomáticas, Terapia por meio da Hipnose, Terapias por meio da Meditação, Terapia da Respiração, Iridologia, Terapia Reichiana e Bioenergética, Massoterapia, Tai Chi Chuan, Qi Gong, Chi Kun.

Atualmente, novas especialidades foram sendo criadas e incluídas no contexto das terapias, entre elas: Ioga, Musicoterapia, Trofoterapia, Cromoradiestesia, Homeopatia, Radiestesia e Geoterapia. A Federação Nacional dos Terapeutas tem elaborado, desde 2004, um cadastro, com a finalidade de solicitar à Organização Mundial de Saúde uma revisão e consequente inclusão de novas terapias, com vistas à regulamentação.

Vale ressaltar que já existem terapias reconhecidas pelo Ministério do Trabalho e do Emprego, o que comprova a existência legal da profissão, mas não a categoria de Terapeuta. As profissões reconhecidas pela Comissão de Classificação do MTE (8690-9/01) são: Acupuntura, Aromaterapia, Cromoterapia, Do-In, Reiki, Rolfing, Shiatsu, Terapia Floral, Terapia Indiana e Terapia Reichiana (fonte: www.cnae.ibge.gov.br).

4

A luta da Federação Nacional dos Terapeutas, desde a sua fundação, passando pela primeira Audiência Pública na Câmara Federal, em agosto de 2007 (publicada em livro pela Câmara Federal - CLP), e pelo Seminário, também na Câmara Federal, em novembro de 2007, é pelo reconhecimento da profissão de Terapeuta e pela criação do Conselho Federal e dos Conselhos Estaduais de Terapeutas. Sabe-se que estão em atividade, atualmente, cerca de 150.000 terapeutas no Brasil, o que dá bem a dimensão e importância da atividade.

A Constituição de 1988 estimulou novas formas de organização classista. Apenas as classes profissionais que possuem Conselho Federal é que têm direitos respeitados. As profissões não regulamentadas buscaram soluções alternativas, como a auto-regulamentação. Várias são as tentativas de regulamentação dessa categoria, até o momento.
1) Em Santa Catarina, a Lei Estadual nº 6.320/83, no artigo 13, parágrafo 1º, diz que, para o exercício de atividade na área de Saúde, deve-se possuir Diploma, Título, Grau, Certificado ou equivalente válido, devidamente registrado no órgão competente, que o fiscalize e represente.

2) O Senador Valmir Campelo, mediante o PLS nº 306/91, propôs a criação da profissão de Terapeuta em Medicina Natural.

3) O Senador Fernando Henrique Cardoso (ex-presidente da República), com o PLC nº 67/1995, propôs a criação da profissão de Técnico em Acupuntura.

4) O Deputado José Abreu, por solicitação do extinto Conselho Federal de Terapia, propõe a criação da categoria de terapeuta holístico; em Joinville, o extinto Conselho Federal de Terapeutas propôs a criação da Terapia Holística, por meio do Decreto 3.060/97.

5) O vereador Celso Jatene - PTB, a pedido do Sinaten – Sindicato Nacional dos Terapeutas Naturistas, conseguiu aprovar, na Câmara Municipal do Estado de São Paulo, o Projeto Lei nº 140/2001, que foi promulgado em novembro de 2003; a prefeita Marta Suplicy implantou, então, as Terapias Naturais na Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.

6) O deputado João Caramez tenta, por meio do Projeto Lei nº 638/2005, criar o Programa de Terapia Natural para o Estado de São Paulo. O projeto está em tramitação.

7) A Senadora Lúcia Vânia defende a regulamentação da profissão.

8) O Deputado Giovani Cherini, do Rio Grande do Sul, propõe, por meio do Projeto Lei 208/2003, a criação de Serviços de Terapias nas Unidades de Saúde e nos Hospitais do Rio Grande do Sul. Esse deputado realizou, por três anos consecutivos, o “Encontro de Terapeutas”, reunindo mais de mil terapeutas na Assembléia Legislativa de Porto Alegre. Registre-se, também, que, no Rio de Janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde realizou concurso e contratou dentistas especializados em acupuntura; consta no site do Conselho Federal de Odontologia a intenção de regulamentar o cuso das terapias; em Sergipe, cirurgiões dentistas fazem urso de hipnose para aplicar essa prática terapêutica nas suas atividades; no Ceará, os odontólogos pedem a regulamentação das terapias o mais rápido possível; consta no site do Conselho Federal de Enfermagem a luta pela preservação das Terapias Naturais; alguns médicos recriminam as práticas alternativas, mas outros lutam por elas (a homeopatia e acupuntura fazem parte da lista judicial da classe para torná-las Ato Médico); o COFEN - Conselho Federal de Enfermagem determina que enfermeiros podem desenvolver práticas naturais, desde que busquem cursos de especialização com,
5
no mínimo, 360 horas; e, finalmente, o SUS – Sistema Único de Saúde acolhe terapias alternativas, com fundamento na Portaria nº 971, do Ministério da Saúde, publicada em 4 de maio de 2006, embora delegue a competência a enfermeiros, médicos e dentistas, excluindo os terapeutas.
Finalmente, um registro sobre a evolução científica. Diversas universidades têm pesquisado os efeitos das práticas terapêuticas, buscando a comprovação da eficácia de terapias como a ioga e a meditação. O resultado dessas práticas, como coadjuvante em tratamentos, levou várias instituições a investir na convivência entre a medicina e as diversas terapias. Atualmente, meditação, fitoterapia, acupuntura, ioga e florais, entre outras terapias, são recursos usados em hospitais públicos e particulares. O Tai Chi Chuan é prescrito, na Unidade de Psiquiatria do Hospital de São Paulo, a pacientes com transtornos mentais, como esquizofrenia e depressão (publicado no Diário Oficial de São Paulo de 02/11/2002).
Por todas essas razões, esperamos contar com o apoio de nossos Pares para a aprovação desta iniciativa. Ela certamente beneficiará um elevado número de profissionais e poderá melhorar o padrão de atendimento em terapias alternativas.
Sala das Sessões,


Senador ALMEIDA LIMA

(À Comissão de Assuntos Sociais, em decisão terminativa)

Publicado no Diário do Senado Federal, 05/03/2009.

Fonte:http://www.senado.gov.br/atividade/Materia/detalhes.asp?p_cod_mate=89701&p_sort=DESC&cmd=sort
Ler Mais

Criação do Serviço de Terapias em Hospitais Públicos no Rio Grande do Sul.

PROJETO DE LEI N° 208/2003

Deputado Giovani Cherini

Dispõe sobre a criação do Serviço de Acupuntura, Homeopatia, Reiki, Fitoterapia, Musicoterapia e Técnicas Orientais de Terapia Corporal nas unidades de saúde e nos hospitais mantidos pelo Poder Público ou a ele conveniados e dá outras providências.

Art. 1° – Fica determinado a criação de Serviço de Acupuntura, Homeopatia, Reiki, Fitoterapia, Musicoterapia e Técnicas Orientais de Terapia Corporal nas unidades de saúde e nos hospitais mantidos pelo Poder Público ou a ele vinculados.

Parágrafo único – O Serviço de que trata o Art. 1° deverá ser exercido por profissional habilitado.

Art. 2° – A Secretaria de Estado da Saúde orientará e supervisionará o Serviço a que se refere o Art. 1° desta lei.

Art. 4° – O Poder Executivo regulamentará esta lei estabelecendo as normas básicas imprescindíveis ao seu cumprimento.

Art. 5° – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Sala de Sessões, 19 de maio de 2003

Deputado Giovani Cherini – PDT
.
JUSTIFICATIVA
.
"A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantindo mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e aos acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação". Art. 196 CF/88. Por isso insisto na apresentação desta proposta, agora ampliada, que foi apresentada, pela primeira vez, nesta Casa, em 2001.

Em vários países do mundo, e também no Brasil, a prática da acupuntura, da homeopatia, Reiki, Fitoterapia, Musicoterapia e Técnicas Orientais de Terapia Corporal e de terapias afins está hoje muito disseminada, sendo utilizada por uma parcela considerável da população, que busca a solução para vários problemas de saúde.

Hoje, no Brasil, em especial nas grandes capitais, o número de profissionais que atuam na área é significativo, sendo certo que existem em funcionamento várias entidades de classe voltadas para a defesa da acupuntura, da homeopatia, Reiki, Fitoterapia, Musicoterapia e Técnicas Orientais de Terapia Corporal, como técnica eficaz no tratamento de distúrbios do organismo humano.

No Estado do Rio Grande do Sul, a prática no campo holístico tem crescido muito. Os pacientes destas medicinas alternativas são geralmente pacientes que não conseguem resolver seus problemas de saúde através da medicina comum. Este tratamento ultimamente só estão acessíveis às pessoas de classe mais privilegiada, pois seus preços ainda são inacessível à classe carente.

Sendo esta alternativa para uma vida saudável e que a saúde é dever do Estado apresentamos este projeto com o objetivo de fazer com que o poder público não fique alheio ao tema e crie instrumentos adequados para que a população possa usufruir dos conhecimentos dos especialistas na prática de terapias afins, sobretudo, por estas mencionadas no Projeto de Lei.

Assim sendo e considerando a crescente demanda da população gaúcha por essas práticas, apresentamos este projeto na certeza de que a medida nele contida represente um avanço no tocante ao estabelecimento de uma política de saúde mais abrangente.

Para tanto contamos com o apoio dos senhores deputados para a avaliação e aprovação da presente propositura.


Sala de Sessões, 20 de maio de 2003.


Deputado Giovani Cherini – PDT
Ler Mais

O que é REIKI.

por: Gilberto Silva
Reiki é um sistema natural de cura, uma energia de alta freqüência vibratória.
O tratamento é feito por meio do Reikiano(a) através da imposição das mãos, sobre si mesmo ou sobre outra pessoa, onde o fluxo de energia Reiki flui pelo terapeuta, sendo transmitido para quem à recebe, seja ser humano, animal ou vegetal.

O Reiki atua profundamente no indivíduo buscando dissolver a CAUSA de seus males e amplia a consciência de forma holística, ou seja, tratando o individuo no seu todo.

O Reiki é excelente terapia integrativa complementar, vários hospitais públicos e particulares já utilizam o Reiki como terapia complementar aos tratamentos convencionais, não só no Brasil, mas em especial na Europa e Estados Unidos. O Reiki é compatível com qualquer terapia ou tratamento de saúde, com aprovação e recomendação de vários médicos, fisioterapeutas, dentistas, psicólogos, psicanalistas, homeopatas e várias outras especialidades, tratando o físico, psíquico, mental e até espiritual, com resultados concretos na ansiedade, stress, depressão, insônia, medo, insegurança, pânico, assim como nos órgãos, tecidos e sistemas. O Reiki é preventivo e harmonizador, agindo sempre na causa dos problemas.
A Energia Reiki é absolutamente inofensiva e por isso é um tratamento prático e seguro, por ser uma Vibração Universal, este tratamento beneficia todos os seres vivos.
Reiki não têm ligação com nenhuma, religião.

Reiki é a união de duas energias, a Energia Universal “Rei”, energia que existe ao redor de todas as coisas e lugares, com a Energia Vital “Ki”, energia individual que flui em todos os seres vivos.
Comprovação da existência das Energias “Rei” e a energia “Ki”.
Grupos de cientistas e pesquisadores ao estudarem a origem do Universo, descobriram a existência de energias que ao se unirem formam os átomos.
Essas energias de forma ondulada e de tamanho diferenciado, percorrem o espaço por todos os lados como um a carretel de linha. Em determinado instante, estas se unem e se condensam constituindo os prótons, os elétrons e os nêutrons, que por afinidade eletromagnética, criam os átomos.
Segundo estas teorias existem dois tipos de Energia no Universo:

A Primeira é a energia “Ki”.

É polarizada, formada por prótons, elétrons e nêutrons, é a energia natural (positiva/negativa), existente em nosso corpo, gerada pelos nossos átomos.

A segunda é a energia “Rei”.

Energia pura, chamada "Rei" que é a de alta freqüência vibracional, sem polaridade. "Rei" é um tipo de energia primordial, segundo a física moderna, é de onde os átomos se originaram, isto é, ela é anterior à formação da energia polarizada, acima citada.

A energia "REI" equilibra a energia "KI", daí o nome "REIKI".

Segundo a Filosofia Oriental

R E I K I não têm polaridade, YIN e YANG; ele é YIN, YANG e NEUTRO.

Segundo este princípio, duas forças complementares compõem tudo que existe, e do equilíbrio dinâmico entre elas surge todo movimento e mutação. Essas forças são:
Yang: o princípio activo, diurno, luminoso, quente, masculino.
Yin: o princípio passivo, noturno, escuro, frio, feminino.

Também é identificado como o tigre e o dragão representando os opostos.
Essas qualidades acima atribuídas a cada uma das dualidade são, não definições, mas analogias que exemplificam a expressão de cada um deles no mundo fenoménico. Os princípios em si mesmos estão implícitos em toda e qualquer manifestação.
Os exemplos acima não incluem qualquer juízo de valor, e não há qualquer hierarquia entre os dois princípios. Assim, referir-se a Yang como negativo apenas indica que ele é negativo quando comparado com Yin, que será positivo. Esta analogia é como a carga elétrica atribuída a protons e electrons: os opostos complementam-se, positivo não é bom ou mau, é apenas o oposto complementar de negativo.

Reflexão:

Nós não vemos o ar, mas respiramos e sabemos o quanto nos é importante...

Quando falamos em um celular, não vemos a voz entrar ou sair do aparelho, mas podemos ouvir e falar com pessoas a quilômetros de distância...

E com a modernidade da informática e eletrônica, pode-se conectar um computador em rede sem fio, por Bluetooth e etc...

Assim é o REIKI, não vemos, não tocamos, mas podemos sentir os benefícios e resultados maravilhosos que esta Energia Vital Universal nos proporciona.

Leia mais:


.
Somos Luz em Ação.
Facilitadora e Colaboradora:


Ana Paula Granjeiro
Terapeuta Holistica Reikiana
REIKI MASTER
anapaulagranjeiro@hotmail.com
www.mirantedaluz.blogspot.com
Ler Mais

História do REIKI.

por: Gilberto Silva
Ordem Cronológica em que a história do Reiki ocorreu.

1865 Nasce Mikao Usui, o Descobridor da Energia Reiki.

Em 15 de agosto de 1865, nasceu Mikao Usui, numa vila próxima a cidade japonesa de Nagoya.
Ele teria freqüentado uma Escola Budista Tendai, próxima ao Monte Kurama, que é sagrado para os budistas. De família com tradição samurai, Usui estudou profundamente medicina oriental, psicologia budista, religião, artes marciais e ervas como era a tradição cultural do seu povo na época.
Teria viajado para a China e Tibete, onde entrou em contato com várias técnicas da medicina tradicional chinesa e tibetana, e obteve acesso alguns textos que falavam a respeito da cura por meio das mãos, o que lhe interessou muito, seu interesse foi tanto que ele passou a pesquisar e procurar saber de outros mestres da época o que seria e como funcionava está técnica de cura pelas mãos, porém ele não teve a resposta que procurava ninguém sabia como era possível captar e transmitir uma energia sem ser a sua, ou como curar outras pessoas.
Mas ele não desistiu, continuou a buscar esse conhecimento, em livros e meditações.

1922 Descoberta da energia Reiki

Em Março de 1922, Mikao Usui em uma das meditações que durou 21 dias no Monte Kurama, localizada a aproximadamente 25 quilômetro ao norte de Kyoto no Japão, após jejum, cânticos e orações, uma forte luz branca desceu sobre ele, provocando um estalo imenso no seu cérebro, ao ponto de perder os sentidos, quando acordou, viu por todos os lados as imagens dos símbolos Reiki em sânscrito e a nova modalidade da Terapia Reiki, desta vez de forma a ser transmitida para qualquer pessoa.

Os Primeiros depoimentos da cura por meio do Reiki

Mikao Usui, após receber a canalização da energia Reiki, não se sentia mais cansado pelo esforço feito no jejum do retiro espiritual. Durante a descida da montanha, Mikao Usui Machucou o dedo do pé em uma pedra, que passou a sangrar e doer muito, instintivamente ele colocou as mãos sobre o dedo e o mesmo parou de sangrar e doer. Após chegar em uma pousada para fazer sua refeição, Mikao Usui pediu um café completo, esse fato preocupou o dono do restaurante, pois este tipo de alimentação não era recomendável para quem acabou de vir de um jejum. Mesmo sendo orientado, Mikao Usui fez sua refeição sem nenhum problema de digestão. Ainda no restaurante Mikao Usui percebeu que a neta do homem que tinha lhe servido a refeição estava com dor de dente, como o seu avô era um homem pobre não tinha condições de levá-la ao dentista. Então Mikao Usui se ofereceu para ajudá-la, tocou a onde doía e logo após a dor e o inchaço diminuíram. Após uma caminhada de 25 quilômetros, para o monastério Zen, Mikao Usui soube que seu amigo, o abade ancião, estava doente sofrendo de dores terríveis de artrite. Mikao Usui colocou as mãos sobre a área afetada e as dores desapareceram.

1922 Mikao Usui inicia seus trabalhos com a Energia Reiki

Após redescobrir o Reiki e seus benefícios, passou a aplicar a técnica em seus familiares e amigos, ele se tornou um canalizador desta energia, que nos permite nos religarmos a nossa lâmpada interior, redescobrir a nossa verdade, a essência divina que trazemos dentro de nós.
Ele ficou tão maravilhado com o bem estar que o Reiki trouxe em sua vida e das pessoas que ele aplicava o Reiki, que queria que outras pessoas assim também tivesse acesso à técnica. Passou então a ministrar cursos e formar novos professores de Reiki, porém seu grande sonho era que o Reiki chegasse às pessoas que mais precisassem, e que não tinham condições de conhecer a terapia. Desenvolveu trabalhos voluntários nas ruas de Kioto no Japão, naquela época o Japão não era a potência que é hoje, tinha muitos mendigos nas ruas, e ele sempre foi um homem muito bom, e começou aplicar o Reiki em mendigos, o bem estar era tanto que em pouco tempo as pessoas passaram a chamá-lo de Doutor Mikao Usui, embora ele não teve nenhum diploma de doutor, se referiam a ele assim pelo enorme bem estar que o Reiki lhes proporcionava.

1922 Fundada a Sociedade de Cura Reiki Usui Ryoho Gakkai.

Em abril de 1922, o Mestre Mikao Usui fundou a Sociedade de Cura Reiki Usui Ryoho Gakkai, uma clínica em Harajuku, subúrbio de Tóquio.
A iniciação era feita em quatro níveis inicias, cada um com o intervalo necessário para o aluno trabalhar o assentamento da energia e a abertura dos canais energéticos.

1923 Mikao Usui é condecorado pelo Imperador Japonês.

Em 1923, o Mestre Usui foi condecorado pelo Imperador Japonês pelo seu trabalho de assistência social junto às vítimas do grande terremoto que assolou a capital japonesa. Como já mencionado, naquela época o Japão tinha muita pobreza. Em pouco tempo muitos conheceram o Reiki, assim outros começaram buscar está técnica, que muitos diziam ser uma chuva milagrosa em suas vidas.
Durante seus trabalhos nas ruas de Kioto no Japão Mikao Usui reconheceu alguns rostos, ou seja, pessoas que ele já tinha tratado; ficou então supresso e resolveu perguntar para um deles o porquê retornou as ruas como mendigos, foi então que um deles lhe disse: _ É mais fácil ser mendigo. Foi neste momento que ele acrescentou os cinco princípios no Reiki:

Só por hoje, não sinta Raiva e não fique Zangado.
Só por hoje, abandone as Preocupações.
Só por hoje, agradeça as Bênçãos.
Só por hoje, faça seu trabalho honestamente.
Só por hoje, seja gentil com o próximo e com todos os seres vivos.

Vendo a condição daqueles homens que um dia ele havia ajudado, voltarem para o mesmo lugar, que ele pensou que era necessário tratar as pessoas no seu todo.
Por tanto a Verdadeira Cura se dá de dentro para fora, do interior de cada ser para o exterior. Reiki é uma luz que é acesa em nossas vidas, que nos permite recomeçar a enxergar a nossa luz.

1924 Dr. Chujiro Hayashi conhece Mikao Usui.

1925 Dr. Chujiro Hayashi é iniciado Mestre de Reiki, aos 47 anos.

1926 Desencarnou O Mestre Mikao Usui.


Em 09 de março de 1926 o grande Mestre Mikao Usui, encerra a sua jornada terrestre, ele
Teve apenas quatro anos para divulgar o Reiki. Ele em sua enorme humildade não se denominava mestre, e sim, apenas Sensei, que significa professor, porém eu o considero Mestre, pois para mim, mestre é aquele que proporciona uma profunda mudança na vida de seus semelhantes, por meios de ensinamento e atitudes, e ele teve atitude de colocar em pratica o que aprendeu compartilhou com outros os benefícios dessa luz maravilhosa chamada Reiki, e mesmo depois de seu renascer em outra morada, o sonho dele permanece, o sonho de que a cada dia possamos vivenciar o Reiki e seus princípios, isso para mim é sem dúvida fazer a diferença.

O legado da Terapia Reiki continua

Mikao Usui deixou o legado da Terapia Reiki com 20 mestres iniciados por ele.
Dos mestres iniciados por ele, Hayashi foi o único a se preocupar em levar Reiki para o povo.
.
O Mestre Hayashi

Chujiro Hayashi, nasceu em Tóquio em 15 de agosto de 1880, foi um famoso médico e oficial da marinha japonesa, vindo de família rica e influente, com clientes dentro da família real japonesa, Hayashi tinha uma clínica médica nos arredores de Tóquio, onde secretamente atendia e treinava alunos de Reiki. Foi lá que a Mestra Takata descobriu a técnica. Depois da morte de Mikao Usui, ele fundou sua própria associação e viu na Mestra Takata a sua sucessora.

1935 Takata adoece

Dos 12 anos aos 14 anos ela trabalhou com adultos no plantio de cana-de-açúcar e passou por outros empregos até trabalhar para uma escola, por 24 anos. Casou com Saichi Takata e teve duas filhas. Ele morreu com 34 anos e ela adoeceu seriamente em 1935, devido à dureza da vida nas plantações de açúcar. Uma semana depois da morte do marido, a irmã faleceu. Os pais já tinham retornado ao Japão. Takata guardava as cinzas do marido para enterrar no Japão como ele tinha pedido e foi para o Japão. Ela tinha sido diagnosticada pelos médicos norte-americanos como sendo portadora de tumores, pedra nos rins, apendicite e asma. Depois que depositou as cinzas do marido no Japão, Takata decidiu procurar um hospital para ser operada. Depois dos procedimentos e enquanto esperava sua vez, Takata fechou os olhos e meditou. De repente ouviu uma voz dizendo: “Essa cirurgia é desnecessária”, ela levou um susto, abriu os olhos, olhou ao redor e não viu ninguém. Tornou a fechar os olhos e ouviu novamente a voz. Ainda teimou e a voz aumentou o tom dizendo que falasse com o cirurgião. Ela saiu da maca, procurou o cirurgião e perguntou: “o senhor conhece outro tratamento que eu possa tentar?”. O cirurgião argumentou que ela tinha pouco tempo e a idade, mas finalmente disse que conhecia alguma coisa que talvez ela pudesse tentar. O cirurgião então chamou a irmã dele, apresentou a Takata e foi levada à clínica do Dr. Hayashi, que era médico cirurgião. Na clínica do Dr. Hayashi ela foi tratada e certo dia pediu para ser iniciada naquela técnica, achando que era um procedimento médico que ela não conhecia. Os alunos tentaram convencê-la que era impossível porque ela era mulher. Numa dessas conversas o Mestre Hayashi ouviu e interferiu. Explicou que aquela mulher não era japonesa e na terra dela (Estados Unidos) as mulheres eram “diferentes”, quer dizer, tinham direitos iguais aos homens. Ele pediu permissão à associação fundada por Usui, chamada Reiki Gakkai, para iniciar Takata, que também fez os treinamentos necessários em sua clínica — era uma clínica médica e ele aplicava Reiki e treinava alunos secretamente. Há quem diga que Hayashi teve que sair da associação Hayashi desejava que o Reiki fosse uma técnica de alcance popular e não restrita como a sociedade fundada pelos demais mestres iniciados por Usui.

1938 Takata se torna Mestra em Reiki

No dia 22 de fevereiro de 1938, Takata fez o mestrado com o Dr. Hayashi, após um ano de treinamento intenso com o Dr. Hayashi, ela recebeu o mestrado no capital do Havaí.
Takata resolveu estudar e em 1938 completou estudos feitos na National College of Drugless Physicians, em Chicago, inclusive de anatomia.

1939 A primeira clinica de Reiki no Havaí

Em 1939 Takata abriu juntamente com o Dr. Hayashi, uma clínica de Reiki na Ilha Grande, Havaí.

1940 desencarnou o Mestre Chujiro Hayashi.
.
O Mestre Chujiro Hayashi Treinou equipes de praticantes do Reiki, homens e mulheres, num total de dezesseis mestres. Abriu clínica de cura em Tóquio, onde aplicava Reiki junto com uma dieta de alimentos naturais. Também eram tratados casos graves, como câncer. Dr. Hayashi sistematizou a aplicação de Reiki e registrou os resultados dos tratamentos de diversas doenças. Antes de falecer o Mestre Dr. Hayashi reuniu a família e os demais mestres que ele tinha iniciado e comunicou que Takata seria sua sucessora do método Reiki.

Entre 1970 á 1983 É fundada a American International Reiki Association, AIRA.

Takata fundou entre 1973 e 1980, a Associação Americana Internacional de Reiki (AIRA)
Foi a Mestra Takata, que trouxe o Reiki para o Ocidente,o que contrariava os hábitos japoneses da época, pois além de mulher, Takata era estrangeira. Takata era filha de imigrantes japoneses que vieram para as ilhas que formam o Havaí, trabalhar nas plantações de açúcar.

1980 faleceu a honrada Mestra Takata

Em 12 de outubro de 1980 a Takata desencarnou, ensinou e trabalhou com Reiki por 40 anos. A Mestra Takata iniciou 22 mestres, japoneses e norte-americanos, por volta de 1970, e fez inúmeras viagens ao Estado da Califórnia (EUA), onde ministrou cursos, inicialmente organizados pelo ex-servidor da marinha norte-americana, John Gray, seu primeiro aluno de mestrado na Califórnia e que a conheceu quando servia no Havaí, e sua mulher Bete Gray que era reverenda.

1983 O Reiki chega no Brasil

O Reiki chegou ao Brasil em 1983, trazido por meio de um curso do mestre norte-americano Stephen Cord Saiki, da American Internacional Reiki Association (AIRA).

1988 Inicia-se a Divulgação do Reiki no Brasil

A psicóloga Claudete França, foi a primeira mestra em Reiki da América do Sul. Ela recebeu o treinamento completo no sistema Usui (tradicional), em 1988, em San Diego, na Califórnia (EUA).



Leia mais:


O que é Reiki

Depoimentos
.

Somos Luz em Ação.

Facilitadora e Colaboradora:


Ana Paula Granjeiro
Terapeuta Holistica Reikiana
REIKI MASTER
anapaulagranjeiro@hotmail.com
http://www.mirantedaluz.blogspot.com/

Ler Mais

Depoimentos Reiki.

por: Gilberto Silva

Deixe aqui seu depoimento referente ao REIKI em sua vida.

Caso tenha sentido algo, seu comportamento tenha mudado, ocorrências de melhoras na sua saúde, como o REIKI agiu no seu físico, mental e Espiritual ... em fim, sua contribuição é fundamental, para que cada vez mais as pessoas tomem conhecimento dos benefícios que o Reiki proporciona.

Favor postar em comentários, ou no Formulário de Envio Reiki à Distância (ambos abaixo).
Somos Luz em Ação.

Facilitadora e Colaboradora:

Ana Paula Granjeiro
Terapeuta Holistica Reikiana
REIKI MASTER
anapaulagranjeiro@hotmail.com
www.mirantedaluz.blogspot.com


Ler Mais

Pedido de Reiki à Distância (Gratuito)

por: Gilberto Silva
Receba o Reiki à Distância Gratuitamente.

A energia Reiki rompe o tempo e o espaço. Pode ser projectada a qualquer lugar do Universo ou enviada a qualquer período das nossas vidas.

Se possível fique em um lugar tranquilo, onde possa permanecer sem ser interrompido(a) por uns 20 minutos, deitado(a) se imaginando recebendo a Energia REIKI.

Que TODOS NÓS possamos receber hoje o que necessitamos.

Obs.: Deixe seu DEPOIMENTO, do que sentiu durante o envio de REIKI no tópico DEPOIMENTOS REIKI.

Agradeça ao Deus de sua devoção pela energia recebida, mentalize-se inteiramente curado(a).

Lembre-se que a nivel energético tempo e espaço são inexistentes. Você deve mentalizar que a cura acontece neste momento, passado e futuro não existem, o presente é a eternidade...


Somos Luz em Ação.

Facilitadora e Colaboradora:

Ana Paula Granjeiro
Terapeuta Holistica Reikiana
Ler Mais

Unifesp seleciona interessados em participar de estudos sobre o REIKI.

Por: Gilberto Silva

04/05/2010 06h47
Universidades e instituições de pesquisa do estado de São Paulo procuram voluntários para o desenvolvimento de seus trabalhos. A Universidade Federal de São Paul(Unifesp), por exemplo, precisa de pessoas dispostas a colaborar em estudos em diversas áreas como epilepsia, sono e envelhecimento e até mesmo reiki.

Reiki
Essa é uma das terapias que faz parte da medicina integrativa.Trabalham para evitar ansiedade, depressão. Tem todo um conjunto fisiológico trabalhado em cima do estresse e promove o relaxamento. A maioria dos pacientes tinham queixas sobre estresse.

video




Ler Mais

O Reiki é reconhecido pelo Ministério do Trabalho.

Por: Gilberto Silva
.
O Ministério do Trabalho reconhece o Reiki como profissão.

O Reiki foi classificado dentro das atividades de práticas integrativas e complementares em saúde humana, recebendo o código 8690-9/01 da CONCLA (Comissão Nacional de Classificação), órgão responsável pela classificação de profissões e ligado ao Ministério do Trabalho e ao IBGE.
.







.
.
Para maiores informações, acesse: http://www.cnae.ibge.gov.br/ e digite o código 8690-9/01 no campo de busca.
Ler Mais

Dia Estadual do Terapeuta Holístico, é instituído no Rio Grande do Sul.

Por: Gilberto Silva
.
Por meio de um projeto de lei de iniciativa do Deputado Estadual do Rio Grande do Sul Giovani Cherini do PDT, foi instituído o dia Estadual do Terapeuta Holístico. Tal projeto vem fomentar a importância do reconhecimento das terapias holística, em especial para a inclusão na área de saúde pública, como terapia complementar e integrativa.
Na integra do texto do projeto de lei, está no rol de terapias o REIKI.
Obs.: No texto está escrito REIKY com y, provavelmente por um equívoco.
_______________________________________________________________

LEI Nº11.999, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2003.


Institui o Dia Estadual do Terapeuta Holístico.


O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL.

Faço saber, em cumprimento ao disposto no artigo 82, inciso IV, da Constituição do Estado, que a Assembléia Legislativa aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte:


Art. 1º - Fica instituído o Dia Estadual do Terapeuta Holístico a ser comemorado, anualmente, no dia 31 de março.


Art. 2º - O Poder Executivo fica autorizado a incluir o Dia do Terapeuta Holístico no Calendário Oficial de Eventos do Estado.


Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.


PALÁCIO PIRATINI, em Porto Alegre, 04 de novembro de 2003.


FIM DO DOCUMENTO.

_______________________________________________________________
Lei na Integra:

DIA DO TERAPEUTA HOLÍSTICO

31 de Março

.

Institui o Dia Estadual do Terapeuta Holístico.

Art. 1º - Fica instituído o Dia Estadual do Terapeuta Holístico à ser comemorado, anualmente, no dia 31 de março.

Art. 3° - O Poder Executivo fica autorizado a incluir o Dia do Terapeuta Holístico no Calendário de Eventos Oficial do Estado.

Art. 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Sala de Sessões, 21 de março de 2003.

Deputado Estadual Giovani Cherini - PDT

.
JUSTIFICATIVA

Lei 11999, de 04 de novembro de 2004

Esta Lei tem como objetivo instituir o dia 31 de março como o Dia do Terapeuta Holístico.

Terapia = harmonizar, equilibrar; Holística = do grego holus: totalidade.

Através da Terapia Holística a vida das pessoas pode tornar-se mais saudável, pois utiliza-se uma somatória de técnicas milenares e modernas, sempre suaves e naturais, proporcionando harmonia, autoconhecimento e incrementando a capacidade da pessoa tratada. Dentre estas técnicas podemos citar Yoga, Reiky, Tai Chi Chuan, Acupuntura, Aromaterapia, Homeopatia, Fitoterapia, Cromoterapia, Cristaloterapia, xamamismo, e outras terapias alternativas que ajudam a combater doenças de maneira eficaz e barata.

As popularmente chamadas de "terapias alternativas" são aplicadas pelo Terapeuta Holístico, que procede ao estudo e à análise do cliente, realizados sempre sob o paradigma holístico, cuja abordagem leva em consideração os aspectos sócio-somato-psíquicos. Cada caso é considerado único e deve-se dispor dos mais variados métodos, para possibilitar a opção por aqueles com os quais o cliente tenha maior afinidade, promovendo a otimização da qualidade de vida, estabelecendo um processo interativo com seu cliente, levando este ao autoconhecimento e a mudanças em várias áreas, sendo as mais comuns: comportamento, elaboração da realidade e/ou preocupações com a mesma, incremento na capacidade de ser bem-sucedido nas situações da vida (aumento máximo das oportunidades e minimização das condições adversas), além de conhecimento e habilidade para tomada de decisão. Avalia os desequilíbrios energéticos, suas predisposições e possíveis conseqüências, além de promover a catalização da tendência natural ao auto-equilíbrio, facilitando-a pela aplicação de uma somatória de terapêuticas de abordagem holística, com o objetivo de transmutar a desarmonia em autoconhecimento.

A OMS- Organização Mundial da Saúde reconhece a importância da fé e da religiosidade no desenvolvimento do processo de cura.

Considerando que o homem é corpo físico e espiritual, nenhum processo de cura pode hoje se dissociar de contemplar o homem como um ser múltiplo, devendo ser respeitados diversos aspectos ao proceder-se um tratamento de saúde.

Sabe-se também que a manifestação de uma desarmonia em todo esse complexo, consubstanciada no que chamamos doença, é, na maioria das vezes, a somatização, no físico, de um processo desarmônico em alguma parte do todo que é o homem.

A escolha do dia 31 de março como o Dia do Terapeuta Holístico é em homenagem a São Benedito. O dia de devoção a São Benedito é 31 de março.

São Benedito nasceu em 1526, em São Filadelfo, nos arredores de Messina, era filho de pais descendentes de escravos levados para a Sicília. Manifestou desde os 10 anos uma pronunciada tolerância para a penitência e para a solidão. Foi chamado de 'Santo Mouro' por causa de sua cor preta e aos 18 anos ,com o fruto de seu trabalho, provia o seu sustento e dos pobres. Operou diversos milagres. Além de tido, a oficialização do Dia do Terapeuta Holístico é o reconhecimento e a homenagem merecida aos abnegados profissionais que emprestam seus dons e conhecimentos pessoais em prol da comunidade, buscando melhorar o ser humano e o universo.

Deputado Estadual Giovani Cherini - PDT
Ler Mais

1º ENCONTRO DE PARTILHA E DIFUSÃO DO REIKI


Ler Mais
 
REIKI TERAPIA COMPLEMENTAR | by TNB ©2010
slide by Soh Tanaka